quinta-feira, 18 de março de 2010

Pare.

Pare de espiar
Meu sono
Pare de bancar
Meu dono
Pare de criar
Destinos para tudo que eu penso

Nunca te falei
Das dores
E nunca guardei
Rancores
Nunca arrisquei
Deixei você viver seu momento

Então me deixe viver
Eu quero amanhecer
Me levantar...e anoitecer

Se eu pensar em você
Creia, você vai saber
Pois sou eu quem vai te dizer.

(Agora sim, pode dizer que foi direcionado a você.)

Sagaz

Pra a gente não
Ficar magoado
E pra a gente
Não dar errado
Eu te mostro
O caminho
Pra não dizer
Que tá apressado
Pra não morrer
Num tédio velado
Queira ficar
Sozinho
Seja agonia
Seja melodia
Não algeme
(Porque)
Sem companhia
Na cama fria
O outro treme...

Clarear

Me dê um beijo,
Menino,
Vou dormir mais cedo
Pra sonhar com você.
Eu acho que o
Destino
Te encobriu de segredos
Só pra me entreter
Eu não te pedi nada
Eu tenho a madrugada
Pra sonhar
E se isso der certo
E você ficar perto
Vai tudo clarear...

terça-feira, 16 de março de 2010

Descaminhos

Te dei um mundo colorido
Eu fui seu laço, porto, abrigo
Mas nem assim,
Nem mesmo assim
Eu te bastei
Estive perto a todo instante
Mas esse seu amor errante
Não foi pra mim,
Não é pra mim
Agora eu sei.
Onda vai e volta
Mundo sempre roda
As lágrimas
Vão secar
As páginas
Vão passar
Sempre me levanto
Enxugo meu pranto
E ando
A cantar
E canto
Sem chorar...

Pinhooo

Eu espero
Que você volte
E que a sorte
E os bons ventos
Te soprem
Ah, eu quero
Te ver contente
Vê se aprende
Os momentos
Te escolhem
Então viva
Que a vida
É breve
Se levante
E ande
Se entregue
Se vier,
Sempre agarre
De frente
E se der
Vê se lembra
Da gente...

Vem.

Vem,
Que eu só encostei a porta
Sei que você sempre volta
E sabe que eu te quero bem
Vem
Que pra início de conversa
Debaixo dessa coberta
Você sempre é refém
Então,
Abra a porta e deita
Nessa cama feita
Pra você
A cena é perfeita
Deixa nossa trama
Se tecer
Vem, vem, vem,
Meu bem
Que eu sei que você quer me ter
VEm, vem, vem,
Meu bem
Fique aqui até amanhecer...

segunda-feira, 1 de março de 2010

A gente.

Eu não acredito que você
Acordou de madrugada pra pensar em mim
Eu não creio mesmo que você
Me queira tanto assim
Mesmo que não dure até o outono
Se você perdeu o sono eu já me sinto bem
Acho que não vai até o outono
Mas sonho com você também
Se a gente se abraça sem falar
Um beijo é tudo que eu preciso pra dormir
A noite só tem graça com luar
Mas você só precisa sorrir...