quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Passado

E eu
Que não aprendi a rezar direito,
E que tenho um milhão de defeitos
Ando entrando em Igrejinhas por aí
Buscando um perdão lá de Deus.
Você
Que não quis amar meus defeitos,
E que sempre se sentiu assim, tão direito
Fica me olhando andar só por aí
E pedindo pra Deus não me ouvir.

Sabe, até que vou bem,
Ando aprendendo a rezar
E fico de longe a te olhar
E sei que você me vê,
Mas finge nem saber.

Sabe, até que vou bem
Descobri que já te amei
E que muito pouco deixei
De você em meu peito,
Que ainda é um leito.

Mas não pra você.