domingo, 16 de março de 2014

Fonte Seca

Em cartas, poemas, canções
Palavras cessam de brotar
Por que se cansam...
Por que não podem mais falar,
Por que não cantam.
Por que mesmo que se sofra
Horrores
Mesmo de sorriso grande,
Largo
Mesmo de coração enlouquecido
De amor,
De desespero,
Felicidade insana,
Palavras, pontos, expressões
Já não conseguem explicar
Por que não amam...
Não sabem se apaixonar,
Não se derramam.

Um comentário:

Mateus Borba disse...

Difícil sustentar uma palavra que não se apaixona pelo que diz.