quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Traduzindo música de brega

Aprendendo dança nova em cabaré
Dando passos que se passam sem amor
Vai olhando para ver como é que é:
O que era laço se desfaz em vão torpor.

Não se queixe que as queixas são blasé
Que o que muda já não brilha como antes
São essas coisas, já mudadas de porquês
Que dão à vida o que a leva adiante.

Se prenda ao novo sem culpar o que é antigo
Se entenda diferenciado e especial
Se mostre ao velho como um excelente amigo
Se dê ao novo a esperar o que é fatal.  

Nenhum comentário: